Caçador zera filas na Educação Infantil e segue investindo em novas instalações

Em 2019 o município finalizou o ano com 3289 crianças na escola

Em três anos, a Secretaria Municipal de Educação de Caçador conseguiu zerar o déficit de vagas na Educação Infantil. Neste período, foram criadas 1 mil novas vagas, para crianças de 0 a 5 anos. Atualmente, estão disponíveis 250 vagas, para 115 crianças nas filas de espera.

“Para se ter uma ideia, quando assumimos, em 2017, havia uma demanda reprimida de pelo menos 800 crianças na lista e hoje encontra-se zerada, com vagas sobrando, inclusive. Finalizamos o ano de 2019 atendendo 3289 crianças, nas 17 escolas e nos centros de educação infantil, um marco na Educação de Caçador”, comemorou a dirigente Municipal de Educação, Josete Estrowispy.

Esta conquista foi possível graças à abertura de três novas creches: No Alto Bonito (que já foi ampliada), no Nossa Senhora Salete e no Marcos Olsen, bem como, com a construção de novas salas de aula nas escolas Vereda dos Trevos, Ulysses Guimarães e Maria Luiza Barbosa.  

Além destas vagas, já foram incluídos 110 novos alunos nas Séries Iniciais, de 1º ao 5º ano, desde 2017, chegando a 3307 alunos atendidos. Até 2020, a previsão é de mais 61 novas vagas.

Para as Séries Finais, de 6º ao 9º ano, já foram 123 alunos a mais, matriculados até o final de 2019.

Para este ano, será inaugurada uma nova creche no Rancho Fundo, bem como abertas vagas de Educação Infantil na Escola Pierina.

“A Educação certamente é nossa prioridade. Temos trabalhado de forma intensa para atender nossas crianças. Sabemos das dificuldades dos pais em ter um local para deixar seus filhos quando vão trabalhar e, nossa preocupação é proporcionar mais vagas para que isso seja possível, se refletindo também em mais qualidade de vida para as pessoas”, finalizou o prefeito Saulo Sperotto.

Fonte e Fotos: SME de Caçador