Censo Escolar: prazo para conferir dados da 1ª etapa termina em 18 de outubro

Gestores devem conferir, confirmar ou retificar informações declaradas, por meio do Sistema Educacenso. Dados finais serão divulgados em janeiro de 2023

Os gestores das escolas e redes de ensino têm até o dia 18 de outubro para conferir, confirmar ou retificar os dados referentes à primeira etapa de coleta do Censo Escolar 2022. Os procedimentos devem ser realizados por meio do Sistema Educacenso. Também é possível complementar a declaração com informações não enviadas durante a coleta, desde que tenham como base a data de referência da pesquisa (25 de maio).

Nessa etapa do Censo Escolar, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apura dados sobre os estabelecimentos de ensino, turmas, alunos, gestores e profissionais escolares em sala de aula. Os resultados preliminares foram publicados em 16 de setembro e os dados finais serão divulgados em janeiro de 2023.

Na segunda etapa da coleta, a chamada Situação do Aluno (prevista iniciar em fevereiro de 2023), o Instituto levantará informações relativas ao “rendimento” dos estudantes — quantidade de aprovados ou reprovados — e ao “movimento” — quantos foram transferidos, deixaram de frequentar a escola ou faleceram —, ao término do ano letivo.

Censo Escolar – Pesquisa estatística sobre a educação básica brasileira, o Censo Escolar é coordenado pelo Inep e realizado, em regime de colaboração, junto às secretarias estaduais e municipais de Educação, com a participação de todas as escolas públicas e privadas do País. Abrange as diferentes etapas e modalidades: ensino regular, educação especial, educação de jovens e adultos (EJA) e educação profissional. As matrículas e outras informações coletadas servem de base para o repasse de recursos do Governo Federal e para o planejamento e a divulgação de dados das avaliações realizadas pelo Inep.

Também é uma ferramenta para que os atores educacionais possam compreender a situação da educação do Brasil, das unidades federativas e dos municípios, bem como das escolas, permitindo acompanhar a efetividade das políticas públicas. Essa compreensão é proporcionada por meio de um conjunto de indicadores que possibilitam monitorar o desenvolvimento da educação brasileira, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (ldeb), as taxas de rendimento e de fluxo escolar, a distorção idade-série, entre outros. Todos são calculados com base nos dados do Censo Escolar e parte deles servem de referência para as metas do Plano Nacional da Educação (PNE).

Acesse o Sistema Educacenso

Saiba mais sobre o Censo Escolar

Fonte: Inep

https://www.gov.br/inep/pt-br/assuntos/noticias/censo-escolar/prazo-para-conferir-dados-da-1a-etapa-termina-em-18-10

Compartilhe: