FNDE publica painel dinâmico sobre a execução do PDDE em 2020

Ferramenta permite pesquisas por estado ou região e traz informações sobre o PDDE Básico e as Ações Integradas 

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) disponibilizou em seu portal o painel dinâmico sobre a execução do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) em 2020. O objetivo é facilitar a consulta consolidada sobre os repasses realizados, valores, escolas e alunos atendidos pelo programa. A ferramenta permite pesquisas por estado ou região e traz informações sobre o PDDE Básico e as Ações Integradas.

Em 2020, o PDDE alcançou 118.877 escolas e 33.660.674 alunos, num repasse total de R$ 1.795.252.453,57, distribuídos entre os valores do PDDE Básico, Especial e das Ações Integradas (PDDE Emergencial, Educação

Conectada, Novo Ensino Médio, Água e Esgotamento Sanitário e Escola Acessível), conforme relatório dinâmico. Clique aqui e confira os dados detalhadamente.

Além do painel dinâmico, há outros relatórios estatísticos sobre o programa disponíveis no portal do FNDE, em Monitore o PDDE.

Sobre o Programa Dinheiro Direto na Escola 

Criado em 1995, o PDDE tem por finalidade prestar assistência financeira, em caráter suplementar, às escolas públicas da educação básica das redes estaduais, municipais e do Distrito Federal e às escolas privadas de educação especial mantidas por entidades sem fins lucrativos, registradas no Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) como beneficentes de assistência social, ou outras similares de atendimento direto e gratuito ao público.

O programa engloba várias ações e objetiva a melhoria da infraestrutura física e pedagógica das escolas e o reforço da autogestão escolar nos planos financeiro, administrativo e didático, contribuindo para elevar os índices de desempenho da educação básica. Os recursos do PDDE podem ser usados:

  1. a) na implementação de projetos pedagógicos;
  2. b) no desenvolvimento de atividades educacionais;
  3. c) na avaliação de aprendizagem;
  4. d) na manutenção, conservação e pequenos reparos da infraestrutura física da escola;
  5. e) na aquisição de material de consumo;
  6. f) na aquisição de material permanente, quando receberem recursos de capital;
  7. g) e no pagamento de despesas cartorárias (alterações de estatutos da Unidade Executora ou recomposição dos membros).

Para obter mais informações sobre o PDDE, basta acessar o link a seguir: https://www.fnde.gov.br/programas/pdde.

Fonte: FNDE

https://bit.ly/3dCdeQQ 

Compartilhe: