Indaial amplia aquisições da agricultura familiar para a alimentação escolar

A Prefeitura de Indaial, em ação conjunta das Secretarias de Administração e Finanças, de Educação e de Agricultura, auxiliada pela Epagri e pelo Sebrae, alcançou mais um importante objetivo na administração municipal: a aquisição de gêneros alimentícios para a alimentação escolar com produtos oriundos dos agricultores familiares de Indaial e da região.

A legislação de vigência da alimentação escolar determina que, no mínimo, 30% do valor repassado aos municípios pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações.

A conexão com a agricultura familiar tem promovido uma importante transformação na alimentação escolar ao permitir que alimentos saudáveis e com vínculo regional possam ser consumidos diariamente pelos alunos da rede pública. Em Indaial são servidas aproximadamente 20.000 refeições por dia para todos os alunos da rede municipal de ensino, entre Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Depois de concluídas as aquisições no ano de 2019, o volume adquirido de produtos da agricultura familiar representou 42,16% de todo o valor investido na alimentação escolar; em 2018 esse índice era de 5,74%.

Segundo o secretário de Administração e Finanças, Silvio César da Silva, “os valores investidos na alimentação escolar com recursos aplicados no agricultor local são a certeza de que o poder público está fomentando a economia local, fruto de um trabalho de pesquisa, adequação legislativa, estruturamento logístico e pontualidade nos pagamentos para o pequeno agricultor local”.

Já para o secretário de Agricultura, Wilson Krieck, “o programa de alimentação com produtos da agricultura familiar amplia as possibilidades das famílias agricultoras da cidade de entregarem seus produtos no mercado local para as crianças do Município consumirem o que é produzido nas nossas terras”.

Outro aspecto importante do consumo dos produtos provenientes da agricultura familiar é a qualidade do que se consome. Segundo Jairo Gebien, dirigente Municipal de Educação, “a agricultura familiar oferece alimentos de elevada qualidade para as nossas crianças, fazendo com que o recurso público destinado a essa finalidade seja melhor aplicado”.

Para 2020 as projeções são ainda melhores. A administração municipal, por meio do Centro Integrado de Armazenagem e Distribuição (Ciadi), assumirá a entrega de todos os alimentos consumidos pela rede escolar do Município. Os alimentos adquiridos como hortaliças, legumes, frutas, carnes e lacticínios serão entregues no Ciadi, que controlará a qualidade dos produtos recebidos pelos fornecedores e realizará a distribuição nos educandários. Essa é a certeza da continuidade e ampliação da qualidade da merenda escolar com mais segurança e padronização nos procedimentos de entrega e distribuição.

Fonte: UndimeSC, com colaboração da SME de Indaial.
Fotos: SME de Indaial.