Inscrições para Prêmio Nacional de Educação Fiscal encerram nesta sexta-feira (14.07)

Ainda dá tempo de realizar a inscrição para o Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2017. As inscrições vão até 14 de julho e permite a participação de escolas, universidades, órgãos públicos, empresas de imprensa, jornalistas, entre outras pessoas jurídicas que estejam envolvidas, diretamente, com projetos voltados à área da educação fiscal. O objetivo é valorizar as melhores práticas e promover a cidadania fiscal no país.

Neste ano, o Prêmio está com duas novcidades: a inclusão da categoria imprensa e da educação fiscal na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), tendo em vista que o Ministério da Educação (MEC) estabeleceu, na terceira versão da da BNCC, que a educação fiscal será uma dos temas transversais a ser trabalhado nas disciplinas obrigatórias da educação básica.

Mais de 600 projetos já participaram desde a primeira edição em 2012 e, a expectativa é que, nesta esdição, as inscrições superem os anos anteriores. O Prêmio Nacional de Educação Fiscal é uma iniciativa  da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf) e o Programa Nacional de Educação Fiscal (Pnef), que visa estimular a consciência tributária, levando em conta a importância social dos tributos e sua correta aplicação em benefício de todos.

Premiação

Esta edição traz três categorias:

1) Escolas (públicas e particulares);

2) Instituições (Universidades, Prefeituras Municipais, Organizações Não Governamentais – ONGs, Secretarias Municipais, dentre outras);

3) Imprensa, voltada à profissionais ou empresas de comunicação com atuação em mídia convencional (jornal impresso, revista, tevê, rádio ou webjornalismo). Os estudantes de jornalismo, também, poderão participar com reportagens publicadas nos jornais laboratórios.

A solenidade de premiação acontecerá no dia 29 de novembro, em Brasília. Serão selecionados 11 projetos finalistas, que receberão certificados e poderão enviar um representante da iniciativa para  participar do evento com as despesas custeadas pela Febrafite e suas filiadas. Desses,  serão escolhidos seis vencedores.

O primeiro, segundo e terceiro colocados na Categoria Escolas, receberão, respectivamente, dez, cinco e três mil reais. Na Categoria Instituições, o primeiro colocado será premiado com dez mil reais e o segundo com cinco mil. Já a melhor reportagem na Categoria Imprensa, ganhará um troféu e uma quantia em dinheiro no valor de dois mil reais, a ser entregue para o jornalista ou empresa de comunicação a qual representa.

Para mais informações, consulte o regulamento.

Clique aqui e inscreva-se!

 

Por Bruna Carvalho – com informações da Febrafite
Undime-SC