Pesquisa TIC Educação medirá pelo 13º ano o acesso e o uso de tecnologias digitas entre estudantes, professores e escolas

Estudo pretende identificar o acesso, o uso e o desenvolvimento de habilidades relacionadas à utilização de computadores, de dispositivos móveis e da Internet em escolas brasileiras

Foto: Freepik.

Realizada anualmente pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação, sob os auspícios da UNESCO (Cetic.br), e o departamento do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto Br (NIC.br), a pesquisa TIC Educação busca identificar o acesso, o uso e o desenvolvimento de habilidades relacionadas à utilização de computadores, de dispositivos móveis e da Internet em escolas brasileiras. O objetivo central é informar as políticas educacionais e a sociedade sobre as oportunidades, as desigualdades e os desafios à implementação de tais recursos digitais nos processos de ensino e de aprendizagem, contribuindo para a melhoria da qualidade da educação.

A pesquisa conta com o apoio institucional do Ministério da Educação (MEC), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A coleta de dados é realizada por meio de questionários estruturados, que incluem questões sobre o uso de tecnologias de informação e comunicação (TIC) na gestão escolar e nos processos de ensino e de aprendizagem, em atividades remotas, presenciais ou híbridas.

Em 2022, foram selecionadas de forma aleatória 1.394 escolas de Ensino Fundamental e Médio, localizadas em áreas rurais e urbanas, de todas as regiões do país. Em cada escola, são selecionados por sorteio cinco estudantes de cada turma/nível de ensino da amostra, um(a) professor(a) que lecione para a turma, um(a) coordenador(a) e um(a) diretor(a).

Caso a sua rede de ensino tenha sido selecionada na amostra, informe as escolas sobre a realização das entrevistas e incentive a comunidade escolar a participar da coleta de dados. Somente com a contribuição das redes de ensino será possível fornecer à sociedade resultados efetivos, que permitam melhor compreender a realidade das escolas brasileiras.

Todas as informações fornecidas são sigilosas, as respostas dadas pelos entrevistados não são divulgadas individualmente; nem a escola, nem os educadores e os estudantes serão identificados durante a coleta ou a disseminação dos resultados.

Acesse os resultados das coletas dos anos anteriores no link: http://cetic.br/pesquisa/educacao/indicadores Tire suas dúvidas também por meio do FAQ da pesquisa: https://cetic.br/pt/pesquisa/educacao/faq/.

Fonte: Cetic.br

Compartilhe: