Professores trocam experiências através de projetos

Levar para sala de aula atividades que os estudantes possam se envolver, para que a aula seja devidamente aproveitada. Assim é o projeto “Diversidade e Inclusão #sempreconceito”, que visa aproximar professores e alunos e os alunos entre si, possibilitando a discussão de diferentes temas sem que só o professor fique falando. De acordo com a professora de Ciências e de Educação e Diversidade, Jéssica Pauletti, da Escola Parque Cidadã Cyro Sosnosky, os alunos do 6º ao 9º anos, tem voz nas aulas e apresentam um grande potencial para colaborar.

Uma experiência positiva e, por isso esteve entre os projetos apresentados no VIII Ideias Além do Giz, momento de formação dos professores e estudantes da rede municipal de ensino de Chapecó. O Ideias Além do Giz surge com o objetivo de promover a troca de conhecimentos, por meio da socialização de projetos desenvolvidos por professores e estudantes durante o ano, a partir da concepção histórico-crítica. São relatos que contemplam todas as áreas do conhecimento e, também, apresentações da educação especial que perpassa por todos os níveis e modalidades.

De acordo com a secretária de educação de Chapecó, Sandra Maria Galera, a socialização é uma pequena amostra do que acontece nas escolas. “Constantemente os professores são estimulados a desafiarem os estudantes e se desafiarem ao novo, gerando assim expectativa e estimulando o interesse de todos, desenvolvendo a criatividade, o espírito científico e o olhar crítico sobre algo que está pesquisando, conhecendo ou apenas evidenciando”, finalizou.

 

Undime-SC – Com a contribuição da SME de Chapecó