Programa do MEC quer combater evasão escolar no Ensino Fundamental

Segundo o MEC, mais de 260 milhões de reais serão investidos para apoiar cerca de 15 mil escolas públicas de todo o país.

Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo/Arquivo

Um novo programa do Ministério da Educação quer combater o abandono e a evasão escolar nos anos finais do Ensino Fundamental, trata-se do Brasil na Escola.

Lançada nesta quarta-feira, a iniciativa vai oferecer apoio técnico e financeiro, além de valorizar as boas práticas e a inovação.

Segundo o MEC, mais de 260 milhões de reais serão investidos para apoiar cerca de 15 mil escolas públicas de todo o país. A implementação do programa vai ocorrer em parceria com os governos municipais e estaduais.

O vice-presidente da Undime, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, Marcelo da Costa, destaca a importância de uma política nacional com foco na aprendizagem e na progressão escolar.

De acordo com o MEC, vão ter prioridade no programa as escolas que atuam do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental, que atendam as populações mais vulneráveis e com os fluxos de aprendizagem mais baixos.

Segundo a coordenadora-geral do Ensino Fundamental do MEC, Myrian Sartori, a partir da semana que vem, estados e municípios vão ter dois meses para aderir ao Programa Brasil na Escola. A adesão e validação das escolas inscritas serão feitas pelo Simec, Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle.

Em entrevista a Voz do Brasil na noite dessa quarta-feira, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, explicou que problemas como trabalho, gravidez precoce e envolvimento com drogas estão entre as estatísticas que levam à evasão escolar de alunos do ensino fundamental nos anos finais. Ele anunciou medidas mais amplas do programa para garantir o ensino desses estudantes.

O MEC informou que os primeiros repasses feitos pelo programa Brasil na Escola devem ser feitos em julho deste ano. Todas as etapas e o cronograma do programa vão ser divulgados no site do ministério.

Fonte: Rádio Agência Nacional

https://bit.ly/3mnYDv3

Compartilhe: