Secretaria de Educação de Indaial inicia projeto de Libras com mais de 700 alunos

Por uma educação escolar mais inclusiva, a Prefeitura de Indaial colocou em prática neste mês de fevereiro o ensino de Libras na rede municipal de ensino. O projeto será desenvolvido no primeiro semestre com aproximadamente 725 estudantes das turmas de 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental, do Colégio Municipal e da Escola Básica Municipal Maria da Graça dos Santos Salai.

A proposta é trazer um conhecimento maior sobre a cultura do surdo e a Língua Brasileira de Sinais, por meio de atividades lúdicas. A Secretaria de Educação contratou a intérprete de libras, Fernanda Schroeder Cubiak, com carga horária de 40 horas, para realizar o projeto. A profissional, acompanhada do professor regente, desenvolverá as atividades semanalmente com cada turma no período de uma aula. Os horários serão definidos junto ao educandário.

Para o secretário de Educação, Jairo Gebien, essas aulas auxiliam no conhecimento de uma nova linguagem, a de sinais. “Assim essas crianças, quando houver a necessidade, saberão se comunicar com um surdo. Ao fim do primeiro semestre, vamos avaliar sobre a possibilidade de ampliar o trabalho”, explica.

“Esse é um projeto inovador. Muito importante aproximar o aluno dessa demanda que há pouco tempo não era observada. O projeto já é sucesso aqui na escola. Os educandos se mostram interessados e a intérprete tem vasta experiência em docência”, comenta o diretor do Colégio Municipal, Daniel Reis.

 

Undime-SC – Com a contribuição da SME de Indaial