Undime-SC apresenta desempenho dos municípios catarinenses no Ideb 2017

Escolas públicas e privadas de todo Brasil participaram da avaliação de qualidade do ensino brasileiro

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na última semana os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, que visa avaliar a qualidade do ensino brasileiro. Cada unidade federativa e escolas possuem uma meta e, as redes de ensino de Santa Catarina mostraram que é possível ser alcançada.

Confira, abaixo, os municípios com maiores índices em cada etapa de ensino:

 

Rede Municipal/SC: Anos iniciais

Iporã do Oeste 7.9
Luzerna 7.7
Irineópolis 7.6
Santiago do Sul 7.6
São João do Oeste 7.5

 

Rede Municipal/SC: Anos finais

Ipira 6.4
Iporã do Oeste 6.4
Luzerna 6.4
Joinville 6.1
Meleiro 6.1
Timbó 6.1

 

No Estado, a meta da rede pública (Federal, Estadual e Municipal) dos anos iniciais do ensino fundamental, vem sendo cumprida desde 2005, quando o índice começou a ser calculado. Já os anos finais, nos últimos três resultados apresentou desempenho abaixo da projeção.

Para o presidente da Undime-SC, Roque Antônio Mattei (DME de Joinville), a partir da análise dos resultados é possível aprimorar as políticas públicas que vêm sendo empregadas, identificar as necessidades, promover mudanças no ensino e, também na qualificação dos profissionais que atuam em sala de aula, com a finalidade de melhorar qualidade do ensino público ofertado.

Ainda, a partir dos dados, é possível verificar que a rede municipal vem demonstrando índices satisfatórios, acima da meta estipulada e superando as projeções a cada divulgação.

As unidades de ensino que apresentaram uma crescente significativa nas avaliações são:

 

Escolas – Anos iniciais do ensino fundamental 2007 2017
Vila Formosa (São José) 3.4 7.2
José Nitro (São José) 2.8 6.5
Santa Terezinha (São José) 2.8 6.3

 

Escolas – Anos finais do ensino fundamental 2007 2017
Dionizio Milioli (Criciúma) 2.7 5.8
Santa Helena (Lages) 3.5 6.4
Cedro Alto (Brusque) 2.2 4.7

 

O levantamento do Ideb é realizado a cada dois anos, levando em conta a taxa de rendimento escolar dos estudantes e médias nos exames aplicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A ferramenta apresenta resultados dos anos iniciais e finais do ensino fundamental e ensino médio, de redes públicas e privadas de todo país.

 

Quer saber como interpretar os resultados e planejar ações no seu município?

 

 

 

 

 

Não perca a transmissão ao vivo pelo facebook, na próxima segunda-feira, 17, às 16h. Conviva Educação e QEdu explicarão o que fazer a partir dos resultados. Programe-se para acompanhar relatos reais de escolas e redes de ensino, que utilizam os índices para traçar planos de ação. Participe!

Clique aqui para visualizar os resultados por unidade federativa, redes e níveis de ensino.

 

Por Bruna Carvalho
Undime-SC