Confira os detalhes da programação do 18º Fórum Nacional da Undime

Inscrições estão abertas para participação online

De 15 a 17 de setembro, a Undime realiza o 18º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação com o tema “35 anos da Undime como protagonista na construção de políticas públicas educacionais”.

A proposta é pautar e debater temas educacionais prioritários para dirigentes municipais de educação e equipes técnicas das secretarias. Por isso, a programação conta com palestras e mesas-redondas que vão abordar o novo Fundeb, implementação dos novos currículos, cumprimento das metas e estratégias dos planos decenais de educação, processo de ensino-aprendizagem durante a pandemia, os desafios e as demandas para o Dirigente Municipal de Educação (DME), entre outros.

A abertura oficial do evento está marcada para às 18h, do dia 15 de setembro, e vai contar com a participação de representantes da Undime, Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Frente Parlamentar Mista da Educação e Conselho Nacional de Educação.

Logo após, será realizado o lançamento da identidade visual da Undime em comemoração aos 35 anos da instituição e 100 anos de Paulo Freire, e na sequência será realizada a conferência magna “Cem anos de Paulo Freire: o caráter político da educação”. A mesa vai contar com a participação do diretor fundador do Instituto Paulo Freire, José Eustáquio Romão.

O primeiro dia de evento se encerra com a apresentação do balanço da gestão 2019-2021, com participação da secretária de finanças da Undime, Maria Elza Silva, Dirigente Municipal de Educação de Bonito/PE, junto aos membros do conselho fiscal da instituição. Ainda no primeiro dia de evento será realizada a plenária de alterações estatutárias.

No dia 16 de setembro, as atividades começam às 7h com o processo eleitoral que irá escolher os novos representantes nacionais da Undime para a gestão 2021-2023. Esse momento é restrito aos delegados e membros do Conselho Nacional de Representantes da Undime.

Às 9h, o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Mauro Rabelo; Alice Ribeiro, diretora de Articulação do Movimento pela Base; Marcelo Ferreira da Costa, vice-presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação de Senador Canedo/GO; e um representante do Consed falam sobre a implementação dos novos currículos.

Às 11h30 o assunto da mesa é “Implementação e cumprimento das metas e estratégias dos planos decenais de educação”. O Secretário de Educação Básica do MEC, Mauro Rabelo, volta ao debate que também terá a participação da presidente do Conselho Nacional de Educação Maria Helena Guimarães; da presidente do Conselho Estadual de Educação do Rio Grande do Sul, Marcia Adriana de Carvalho, representando o Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais e Distrital de Educação (Foncede); e Manoel Humberto Gonzaga, presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme).

À tarde, a programação prevê, às 14h30, um debate sobre as contribuições para a formação do Dirigente Municipal de Educação com a participação dos parceiros institucionais da Undime: Fundação Itaú Social, Fundação Lemann, Fundação Telefônica Vivo, Instituto Alana, Instituto Natura, Sebrae, UNESCO e UNICEF.

Às 17h, será realizada a mesa que vai pautar o novo Fundeb e o desafio de um financiamento adequado para a educação básica pública com a participação de Andressa Pellanda, coordenadora executiva da Campanha Nacional pelo Direito à Educação; Nalú Farenzena, presidente da Associação Nacional de Pesquisadores em Financiamento da Educação (Fineduca); Lucas Hoogerbrugge, líder de relações governamentais do Todos Pela Educação; e Leomir Ferreira Araújo, coordenador de operacionalização do Fundeb do FNDE.

Para fechar o dia, será realizada a mesa-redonda “O processo de ensino-aprendizagem durante a pandemia” com a participação de Katia Smole, diretora do Instituto Reúna; Edna Borges, gestora e formadora de projetos socioeducacionais; Maria Inês Fini; e Beatriz Abuchain, gerente de relações institucionais e governamentais da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal.

No dia 17 de setembro, a programação tem início às 9h com a apresentação das ondas de pesquisa, realizadas pela Undime com apoio do Itaú Social e do UNICEF, sobre a oferta de ensino durante a pandemia. Às 9h30, começa a apresentação dos resultados da pesquisa Perfil dos Dirigentes Municipais de Educação com a participação de Manuel Palacios, do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF).

Às 10h será o lançamento do livro da Undime em parceria com a Fundação Santillana, e a última mesa, às 10h30, vai contar com a participação de Miguel Arroyo que vai falar sobre os desafios e as demandas para o Dirigente Municipal de Educação no contexto atual para a garantia do direito à educação com acesso, aprendizagem e permanência.

Às 11h30, está prevista a aprovação da Carta do 18º Fórum Nacional e a posse da diretoria executiva para o biênio 2021-2023.

Espaços de exposição

Para o público que vai participar presencialmente do evento, isto é, Dirigentes Municipais de Educação que compõem o colégio eleitoral da instituição: membros titulares (ou no exercício da titularidade) do Conselho Nacional de Representantes (CNR) e delegados titulares (ou no exercício da titularidade) haverá um espaço de exposição das instituições parceiras e de empresas expositoras. Esse espaço funcionará todos os dias ao longo do evento. Para consultar os horários exatos em que estarão disponíveis para visitação, basta acessar a programação do 18º Fórum Nacional aqui.

18º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação
Data: 15 a 17 de setembro de 2021
Site do evento: https://forumnacionalundime2021.com.br/

Fonte: Undime

https://bit.ly/3tpk6XK

Compartilhe: