Entrevistada do Bom Dia SC, presidente fala sobre novos protocolos sanitários nas escolas e a evasão escolar

Presidente da Undime/SC reafirmou, em entrevista ao vivo nesta segunda (19), o compromisso da entidade com o avanço da educação de forma segura e coordenada.

Foto: Imagem de reprodução NSC TV.

Para tratar da implementação de novas portarias nas escolas catarinenses, que possibilitem minimizar os índices de evasão escolar neste período de pandemia, a dirigente municipal de Educação de Blumenau/SC e presidente da Undime/SC e Região Sul, Patricia Lueders, participou do programa da NSC TV, Bom Dia SC, nesta segunda-feira (19/7). Durante a transmissão ao vivo, Lueders falou sobre a redução do distanciamento social nas escolas, exceto durante as refeições, que deverá passar de 1,5 metros para 1 metro no segundo semestre deste ano.

A presidente da Undime/SC destacou, ainda, que os novos protocolos só poderão ser implementados graças ao trabalho conjunto desempenhado pelas escolas e famílias catarinenses, que manteve quase abaixo de 1%, em média, o índice de contaminação pela Covid-19 em ambiente escolar no Estado. A redução do distanciamento entre os alunos é uma alternativa para conter o alto índice de evasão escolar observado no ensino híbrido. “Por mais que as escolas, tanto estadual quanto municipal, tenham se esforçado para que pudessem oferecer o ensino híbrido, observa-se um aumento bastante grande da evasão escolar, principalmente nos anos finais. Na semana em que os estudantes estão em casa, muitos acabam não realizando as atividades previstas, o que pode resultar no abandono escolar ao final do ano”, explicou Lueders.

Mencionando o último encontro do Grupo de Trabalho de Medidas Sanitárias, que constitui o Comitê Estratégico de Retorno às Aulas, integrado pela Undime/SC, Luders reiterou o compromisso da entidade com o avanço da educação de forma segura e coordenada. “A Undime sempre vai fazer a defesa dos órgãos sanitários. Na última reunião, foi consenso entre todos os membros do grupo sanitário que a gente precisa avançar. É necessário repensarmos nosso segundo semestre”, completou a presidente da Undime/SC.

A entrevista completa você pode conferir em https://bit.ly/3z8QdN0.

Compartilhe: