Formulário inédito é lançado no estado para avaliar o retorno às aulas presenciais e os impactos da pandemia no abandono e evasão escolar

Questionário, desenvolvido pela Undime/SC em parceria com o MPSC, MPC/SC e TCE/SC, busca realizar um levantamento dos índices de abandono e evasão escolar do ano letivo de 2021 e mapear o processo de retomada das aulas presenciais nos municípios catarinenses.

Com a retomada das aulas presenciais e a chegada do próximo ano letivo, é fundamental pensar ações para a minimização dos impactos da pandemia, que aprofundou problemáticas educacionais históricas, como o abandono e a evasão escolar. Atenta a isso, a Undime/SC, em parceria com o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), Ministério Público de Contas do Estado de Santa Catarina (MPC/SC) e Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC), desenvolveu o formulário “Diagnóstico dos impactos da pandemia no abandono e evasão escolar nos municípios catarinenses”, que será lançado oficialmente na quinta-feira (7/10), às 14h, pelo canal no YouTube da Undime/SC.

O questionário tem por objetivo realizar um levantamento dos índices de abandono e evasão escolar do ano letivo de 2021 e mapear o processo de retomada das aulas presenciais nos municípios catarinenses, de modo a possibilitar o planejamento de políticas públicas intersetoriais e de ações educacionais efetivas para o próximo ano. A presidente da Undime/SC e Região Sul, Patrícia Lueders, dirigente municipal de Educação de Blumenau/SC, destaca a importância da pesquisa para a avaliação correta do atual panorama educacional catarinense. “A iniciativa permitirá ampliar a perspectiva para entender os impactos da pandemia, do ensino remoto e híbrido na Educação. Por enquanto, temos somente os dados da busca ativa escolar, e não um censo oficial que ajude a guiar o planejamento de ações para o próximo ano letivo”, afirma Lueders.

As perguntas que compõem o formulário são divididas em quatro eixos temáticos: evasão e abandono escolar; retorno às aulas 100% presenciais; avaliação diagnóstica e recuperação da aprendizagem; e programas educacionais desenvolvidos no município. Os municípios deverão informar, o número de matrículas do ano de 2021 na rede municipal de ensino, as medidas adotadas para diminuir a taxa de evasão escolar no ano letivo de 2020, quantas escolas da rede municipal estão com atividades 100% presenciais, quais programas educacionais existem no município, entre outras questões.

O formulário será encaminhado pelo TCE/SC aos e-mails dos dirigentes municipais de Educação, notificando também os controles internos e prefeitos dos municípios. A partir da data do lançamento, os gestores poderão preencher a pesquisa em até 20 dias.

Assista ao lançamento oficial do formulário sobre o retorno às aulas presenciais em Santa Catarina e os impactos da pandemia no abandono e evasão escolar: https://www.youtube.com/watch?v=7x-VkLN8peA.

Compartilhe: