Ministro da Educação prestigia abertura do 6° Fórum Undime/SC e Região Sul

Cerimônia foi marcada pelo anúncio da Política Nacional de Recuperação da Aprendizagem, que será lançada pelo MEC nos próximos dias.

Dando início ao 6° Fórum Estadual Undime/SC e Região Sul, que acontece de 5 a 6 de maio, em Florianópolis, a seccional catarinense exibiu uma produção audiovisual que reúne momentos marcantes para a trajetória da instituição e da rede pública municipal, elaborada com a contribuição dos municípios catarinenses. O momento contou, também, com apresentação do coral Vozes do Arvoredo, composto por 120 alunos da capital. A cerimônia de abertura foi conduzida pela presidente da Undime/SC e Região Sul, Patrícia Lueders, com participação do Ministro da Educação, Victor Godoy Veiga, e prestigiada por diversas autoridades.

A presidente da seccional catarinense e Região Sul, Patrícia Lueders, dirigente municipal de Educação de Blumenau/SC, deu boas-vindas aos mais de 750 participantes inscritos no evento, entre secretários municipais de educação, técnicos de secretarias e demais educadores de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, e celebrou o momento de integração proporcionado pelo fórum. 

“Este é o primeiro grande evento presencial promovido pela Undime/SC, em parceria com as demais presidências do Sul do país, desde o início da pandemia da Covid-19. É uma grande alegria poder estarmos juntos outra vez para dialogar sobre assuntos importantes para o avanço da educação pública”. Lueders também manifestou solidariedade aos municípios prejudicados pelas chuvas que atingiram o estado nos últimos dias. 

Durante a abertura do evento, o ministro da Educação, Victor Godoy Veiga, anunciou o lançamento da Política Nacional de Recuperação da Aprendizagem, um conjunto de programas e ferramentas que serão utilizados para combater os efeitos da pandemia da Covid-19 na Educação. 

Veiga destacou a participação do Coral Vozes do Arvoredo e homenageou o maestro Ramon Pereira da Silva pelo trabalho desenvolvido com os estudantes. “Quando trabalhamos pela educação, trabalhamos pelas nossas crianças e adolescentes. Muitas vezes, em esferas como as secretarias e o Ministério, nossos alunos são identificados apenas pelos números das suas inscrições, mas é a atuação de pessoas como o Ramon que transformam esses números em pessoas e traduzem o amor envolvido em fazer educação. Sem o apoio de todo e qualquer profissional envolvido na educação, sejam os gestores, os professores ou as merendeiras, não é possível mudar a educação de um país.”

O secretário de Estado da Educação de Santa Catarina, Vitor Balthazar, que representou o governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, enfatizou a qualidade da educação catarinense e a importância da retomada de eventos presenciais para debater as potencialidades do setor.

“A região Sul é referência na Educação do país. Nada mais oportuno que, após um momento de tanta instabilidade e dificuldade, as pessoas que fazem a gestão e a educação na prática estejam juntas, podendo compartilhar experiências e propostas. Juntas às redes municipais, estaduais e federais, podem fazer um trabalho conjunto e concomitante para a diminuição dos prejuízos e apresentar propostas inovadoras para recuperar aquilo que foi perdido durante esse período”, comenta.

O presidente da Undime Nacional, Luiz Miguel Garcia, em sua fala de abertura, lembrou a solidariedade dos catarinenses não apenas no período da pandemia, mas também nos últimos dias, devido às chuvas que atingem o estado.

“A atuação dos gestores locais é fundamental para que possamos superar momentos de crise, em especial, as dificuldades que a pandemia provocou”, afirma, parabenizando a organização do Fórum pela escolha do tema “Educação em Tempos de Transição” para marcar a retomada dos eventos públicos promovidos pela Undime/SC.

Entre as autoridades que compuseram a mesa de abertura do evento, estiveram o secretário de Educação Básica do MEC, Mauro Rabelo, e o prefeito de Florianópolis, Topázio Silveira Neto. Representantes do Conselho Estadual de Educação (CEE/SC), União dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), Federação Catarinense de Municípios (FECAM), Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (ALESC) também participaram da cerimônia. 

Fonte: Undime/SC

Compartilhe: