Projeto de Musicalização Infantil nos CEIs completa 16 anos em Blumenau

Ação coordenada pela Secretaria de Educação do município atende a mais de 10 mil crianças por ano; para marcar a data, professores têm um dia de formação on-line específica. 

Há exatos 16 anos o projeto de Musicalização Infantil potencializa o desenvolvimento musical das crianças atendidas na Rede Pública Municipal de Ensino de Blumenau. Coordenado pela Secretaria de Educação (Semed), o trabalho conta com 20 professores e atende a mais de 10 mil crianças por ano, distribuídas nos 79 Centros de Educação Infantil (CEIs) do município. Para marcar a data, nesta terça-feira, dia 1°, os professores de música receberam um dia de formação on-line específica da área.

A Dirigente Municipal de Educação de Blumenau/SC e Presidente da Undime/SC e Região Sul, Patrícia Lueders, destaca que a iniciativa é fundamental na comunidade escolar, especialmente por desenvolver a comunicação, percepção auditiva, imaginação e criatividade dos alunos desde a educação infantil. “Trazendo ritmo e sensibilidade, a música possibilita o desenvolvimento integral das nossas crianças”, considera.

O Projeto Musicalização Infantil de Blumenau teve início como projeto piloto em 2000 e, a partir de adaptações, foi implementado pela Secretaria de Educação em 1° de junho de 2005. A iniciativa contava então com quatro professores com Licenciatura em Música e atendia a seis Centros de Educação Infantil. Em 2015, o Projeto Musicalização Infantil ampliou o atendimento para todos os CEIs do município.

A Coordenadora do Programa Bandas e Fanfarras e do Projeto Musicalização Infantil, Bia Pasold, conta que o projeto teve como inspiração os jardins de infância na Alemanha, mas que a ideia foi adaptada para a realidade blumenauense. Em encontros semanais, o Projeto Musicalização Infantil promove ações pedagógicas adequadas à faixa etária dos estudantes. Nas ocasiões, as crianças têm a oportunidade de brincar com o som e a música, expressando-se musicalmente por meio da voz, do corpo, de objetos sonoros e instrumentos musicais, além de desenvolver habilidades como percepção, sensibilidade, imaginação, autonomia, criatividade e comunicação. “É muito gratificante ver as crianças que começaram no projeto e seguiram em vários segmentos da música”, afirma a coordenadora da iniciativa.

Fonte: Undime/SC com informações da Secretaria de Educação de Blumenau.

Compartilhe: