Semeando ações: municípios mobilizam projetos voltados à sustentabilidade da vida na Terra

Na Semana do Meio Ambiente, a Undime/SC solicitou às escolas e municípios que compartilhassem suas iniciativas, a fim de divulgar e visibilizar cada uma delas. Confira o resultado! 

Do plantio de mudas ao incentivo à coleta seletiva de lixo, os municípios catarinenses, por meio de suas redes de ensino, têm semeado ações para a conscientização e preservação ambiental que fazem a diferença. São iniciativas que, além de fomentar práticas que contribuem para a preservação da natureza, despertam nos alunos a preocupação com as gerações futuras e fortalecem os laços entre a comunidade escolar e seu entorno.

Na Semana do Meio Ambiente, a Undime/SC solicitou às escolas e municípios que enviassem registros e informações sobre seus projetos voltados à sustentabilidade, a fim de divulgar e visibilizar as iniciativas. Neste especial, você conhece as ações encaminhadas para a seccional catarinense. Aproveite para se inspirar com as propostas e compartilhar este conteúdo!

Chapecó

Escola Básica Municipal em Agropecuária Demétrio Baldissarelli

Na Semana do Meio Ambiente, em homenagem aos 50 anos da Conferência de Estocolmo, a Escola Básica Municipal em Agropecuária Demétrio Baldissarelli, em Chapecó, trabalhou a temática “Uma só terra: somos todos responsáveis”, a fim de reforçar os cuidados da comunidade escolar com a natureza.

Foi organizada uma sala interativa, simbolizando caminhos positivos, como coleta seletiva e energia eólica, e negativos, como o desmatamento e a poluição, para a preservação ambiental. Com o objetivo de expressar a relação humano-natureza, os alunos de 6° a 9° ano participaram, ainda, de um concurso de fotografia. O projeto também prevê a entrega de sementes de rúcula aos alunos, para que possam plantá-las em suas casas.

EBM Alécio Alexandre Cella
Um repelente natural feito com essência de cravo-da-índia foi produzido pelos estudantes da EBM Alécio Alexandre Cella, em Chapecó, durante as aulas do componente curricular de ciências. O projeto mobilizou a comunidade escolar na fabricação de essências naturais para serem entregues às mães dos alunos no Dia da Família na Escola deste ano.

 

 

Correia Pinto

A equipe da Secretaria Municipal de Educação lançou, neste ano, o “Projeto Educação Ambiental”, que, junto aos centros de Educação Infantil e escolas da rede municipal, desenvolverá propostas pedagógicas voltadas à sustentabilidade com os alunos. Foram proporcionadas palestras para a abordagem de temas atuais, como a escassez da água e aquecimento global, a fim de sensibilizar os estudantes. O projeto terá continuidade até o final do ano letivo, quando serão entregues mudas de plantas para os alunos do município.

 

 

Princesa

Em Princesa, a programação do mês de junho na rede municipal de ensino contará com ações em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Além de uma Caminhada Ecológica, está prevista a realização de um Pedágio Ecológico para a distribuição de mudas de árvores, cultivadas pela Escola Pública Municipal Renascer, e de material educativo alusivo à data. A escola também fará o recolhimento de material reciclável da comunidade e de lixo eletrônico. A iniciativa é uma parceria das escolas da rede de ensino municipal, a prefeitura e a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), entidades que compõem o Grupo Ambiental Renascer.

 

 

Rio dos Cedros

Escola Municipal Expedicionário Servino Mengarda

Em Rio dos Cedros, a rede municipal de ensino trabalhou temáticas relacionadas à preservação ambiental ao longo da Semana do Meio Ambiente. Com o objetivo reconhecer que a qualidade ambiental está ligada às ações e atividades humanas, na Escola Municipal Expedicionário Servino Mengarda, os alunos do 5° ano confeccionaram um jogo que transmite informações sobre o meio ambiente de forma lúdica.

 

 

CEI Criança Feliz Extensão
O Centro de Educação Infantil Criança Feliz Extensão envolveu as turmas do maternal em ações com pintura, desenho, colagens, entre outras propostas, para despertar nos alunos a consciência ecológica, o respeito e o cuidado com o meio ambiente.

 

 

Planalto Alegre

“Lixo nas ruas, de onde vem?” é o título do projeto desenvolvido pelas turmas do 2º ano da Rede Municipal de Ensino de Planalto Alegre, que tem como objetivo identificar a problemática da poluição ambiental e promover ações de conscientização na comunidade. O projeto contempla visitas às ruas próximas às escolas, de modo que os alunos possam observar os espaços e registrar, no diário de bordo da turma, suas impressões, opiniões, sugestões e propostas acerca do lixo encontrado nos ambientes. A ação final do projeto prevê a divulgação, nas mídias locais, sobre os resultados do trabalho, a fim de conscientizar a comunidade para a causa.

 

 

Rio do Sul

Por meio do projeto “Pequenas Mãos Cultivando”, o C.E. Guilherme Butzke, em Rio do Sul, promoveu ações com o objetivo de despertar os valores de proteção da natureza e o senso de responsabilidade para com as gerações futuras, tais como o plantio de hortaliças e a coleta de lixo no pátio do Centro de Ensino.

 

 

São Francisco do Sul

CMEI Peixinho Dourado
Com o objetivo de proporcionar ações de educação ambiental aos alunos, sensibilizando-os para a importância da preservação, cuidados e a relação do indivíduo com o meio ambiente, a CMEI Peixinho Dourado, do município de São Francisco do Sul, desenvolveu uma série de ações no primeiro semestre. Entre elas, estão a arrecadação de tampinhas para a Associação Anjos Protetores, voltada a resgatar cachorros abandonados, a separação do lixo reciclável da sala de aula e a entrega para o caminhão da coleta seletiva.

 

 

EBM Caic Irmã Joaquina
Horta escolar e compostagem, reciclagem de papel e produção de sabão estão entre as ações desenvolvidas por meio do projeto “Conscientizar, Reciclar e Transformar”, promovido pela Escola Municipal Caic Irmã Joaquina, em São Francisco do Sul, desde o ano passado. Além da aprendizagem sobre a importância dos recursos naturais, a iniciativa tem como objetivo incentivar que os estudantes levem para suas casas as práticas sustentáveis.

 

 

Escola João Dias
Além de envolver os alunos nas etapas de adubação, molha e plantio de hortaliças e legumes na horta escolar, a Escola Municipal João Dias, em São Francisco do Sul, desenvolveu o projeto “Lixo: Problema de Todos”. A iniciativa abrangeu saídas de campo com os alunos à praia do Forte, a fim de localizá-los no cenário de sua vivência local e pontuar a problemática dos microplásticos. Além disso, foram trabalhados documentários acerca da temática e propostos trabalhos com o objetivo de sensibilizar a comunidade escolar e demais cidadãos a uma efetiva consciência ambiental de preservação e sustentabilidade.

Também na Escola João Dias, em comemoração ao dia 5 de junho, os alunos do Fundamental II participaram do projeto “O que é meio ambiente para você?”, com aulas expositivas e momentos de diálogo acerca do meio ambiente e o que dispõe a legislação nacional. Os alunos puderam escolher um tipo de semente para ser entregue às turmas do Fundamental I, a fim de proporcionar trocas sobre a temática.

 

 

CMEI Pedacinho do Céu

O projeto “Plantando Valores”, iniciativa do CMEI Pedacinho do Céu, em São Francisco do Sul, tem como objetivo aproximar as crianças da natureza através do cuidado com a terra.

 

 

São José

A Escola Municipal do Meio Ambiente – EMMA de São José, que recebe alunos dos anos iniciais e finais da rede pública municipal para trabalhar a Educação Ambiental, preparou uma programação especial em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Neste ano, a abordagem teve como eixo central “Uma só Terra”.

 

 

Semana do Meio Ambiente

Comemorada do dia 1° ao dia 7 de junho, a Semana do Meio Ambiente é uma oportunidade para refletirmos sobre os problemas ambientais e adotarmos novas atitudes para contribuir com a preservação ambiental. O período tem relação com o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho e que, neste ano, teve como tema “Uma Só Terra”, com foco na vida sustentável em harmonia com a natureza.

Nas redes sociais, com a hashtag #SemanaDoMeioAmbiente, a Undime/SC promoveu a divulgação de propostas encaminhadas pelos municípios. Confira a seguir:

 

 

Fonte: Assessoria Undime/SC

Compartilhe: