Congresso de Educação reúne cerca de 1300 professores na Capital

COEBA Prefeitura de Florianópolis encerrou nesta terça-feira a sétima edição do Congresso de Educação Básica (COEB), organizado pela Secretaria de Educação. Sediada na UFSC, a iniciativa reuniu 1.300 professores, a maioria da rede municipal de ensino. O objetivo, conforme o secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, é contribuir para o aperfeiçoamento pedagógico, ético, e político dos docentes. Este ano, o tema central do COEB foi “A Docência na Sociedade Mutitelas”.

O congresso contou com três palestras e duas mesas-redondas sobre o assunto. Pesquisadores e profissionais da rede inscreveram seus trabalhos e 29 foram escolhidos para serem apresentados no evento. Além disso, produções cinematográficas desenvolvidas por estudantes da rede municipal de ensino de Florianópolis foram expostas em mostras audiovisuais.

“Na sociedade da informação e da comunicação, devemos estar atentos, sempre, aos novos modos de acesso e de construção de aprendizagens internamente e fora dos muros escolares”, ressaltou Maurício Fernandes Pereira. “Tenho certeza que o congresso vai provocar mudanças práticas no cotidiano escolar”.

A conferência de abertura, na segunda-feira, foi feita pelo professor doutor da Universidade do Minho – UMinho, de Portugal, José Augusto Pacheco. Ele discorreu sobre “A Docência na Contemporaneidade: perspectivas”.

O COEB contou com a mesa-redonda “Docência e desafios curriculares na Educação Básica”, comandada pelas professoras doutoras Júlia Siqueira da Rocha (Secretaria Estadual de Educação – SEE-SC) e Márcia Buss-Simão (Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL).

Houve ainda no primeiro dia do congresso três palestras. Uma delas, “A Educação Especial no contexto da Educação Básica”, proferida pela Professora Mestra Geisa Letícia Kempfer Bock (Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC).

“Desafios na docência da EJA: reflexões” ficou sob a responsabilidade da professora Mestra Sílvia Maria de Oliveira (Instituto de Educação Permanente e Fórum Educação de Jovens e Adultos de Santa Catarina); e “Cultura digital e novas aprendizagens: desafios para a prática docente” com a professora doutora Martha Kaschny Borges (Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC).

Nesta terça-feira, ocorreu a mesa-redonda “Docências: especificidades, saberes e práticas da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação Especial e Educação de Jovens e Adultos”. Participaram a professora doutora Ângela Maria Scalabrin Coutinho (Universidade Federal do Paraná – UFPR) e o professor doutor Jaison José Bassani (Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC).

A conferência de encerramento, “Inovação na gestão e nas práticas pedagógicas”, foi proferida pelo professor doutor Ismar de Oliveira Soares, da Universidade de São Paulo – USP.

Também houve uma série de apresentação de trabalhos nas modalidades “Relatos de Experiências”, “Comunicação Oral de Pesquisa” e “Banner”.

 

Undime-SCCom a contribuição da SME de Florianópolis.