Inscrições para o Prêmio Professores do Brasil são prorrogadas para o dia 28 de junho

professores do brasilInteressados em participar da 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil (PPB) ganharam mais um prazo: as inscrições foram prorrogadas e podem ser feitas até 28 de junho, conforme portaria publicada nesta segunda, 28, no Diário Oficial da União.

Voltado para professores da educação básica da rede pública, o PPB vai selecionar práticas pedagógicas que contribuam para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem dos alunos em sala de aula. Os vencedores nacionais serão conhecidos em 29 de novembro, no Rio de Janeiro.

Iniciativa do Ministério da Educação com apoio de instituições parceiras, a premiação vai distribuir, este ano, R$ 305 mil aos vencedores, bem como viagens educativas pelo Brasil e pelo exterior e placas para as escolas das experiências selecionadas. “Além de ser a oferta de uma boa formação ao professor, valorizar também é mostrar aquilo de bom que os educadores fazem pelo Brasil”, destaca o ministro da Educação, Rossieli Soares.

“Pedimos que os professores evitem deixar as inscrições para os últimos dias, para não enfrentarem transtornos de dificuldades de acesso”, recomenda o coordenador-geral de apoio a certames e programas especiais do MEC, Joselino Goulart Junior. No sistema da inscrição, o professor pode participar de um curso on-line com orientações para registrar sua experiência pedagógica.

O PPB é dividido em três etapas: estadual, regional e nacional. Os participantes vão concorrer nas categorias educação/creche, educação infantil/pré-escola, anos iniciais do ensino fundamental/primeiro, segundo e terceiro anos, anos iniciais do ensino fundamental/quarto e quinto anos, anos finais do ensino fundamental/sexto ao nono ano e ensino médio.

Categorias – Na etapa estadual, os três primeiros colocados em cada categoria receberão certificados, e o vencedor, um troféu. Na regional, os vencedores ganham R$ 7 mil, troféu e viagem oferecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), autarquia vinculada ao MEC. Na categoria nacional, são mais R$ 5 mil e troféu.

Além dessas, os professores podem concorrer em uma das cinco categorias nas temáticas especiais: O esporte como estratégia de aprendizagem; Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional; Boas práticas no uso de linguagens de mídia para as diferentes áreas do conhecimento no ensino fundamental e médio; Práticas inovadoras de educação científica; e Educação empreendedora. A premiação para as temáticas especiais destina R$ 5 mil aos professores vencedores ou às escolas, além de viagens e participação na programação da TV Escola.

Nos próximos dias 4 e 5 de junho, será realizada a formação presencial dos coordenadores estaduais do prêmio, no hotel Sesc Porto Cercado, em Poconé (MT). A divulgação dos vencedores na etapa estadual e dos 162 selecionados para a etapa regional está prevista para 21 de agosto. Os 30 selecionados para a etapa nacional e os selecionados para a premiação especial devem ser anunciados em 11 de outubro.

Histórico – Ao longo de dez edições, o PPB teve participação de 44.286 professores da educação básica de todo o país. Ao todo, 334 foram premiados. Em 2005 e 2007, participaram apenas docentes da educação infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental. A partir de 2008, o reconhecimento foi estendido a toda a educação básica, com a inclusão dos anos finais dos ensinos fundamental e médio.

Veja aqui a relação dos vencedores da edição do PPB de 2017.

Clique aqui para fazer sua inscrição.

Confira a portaria publicada no  Diário Oficial da União.

  

Fonte: MEC
https://goo.gl/uMbBZb