Seminário Internacional de Ecoformação compartilha trabalhos desenvolvidos durante ano letivo em Massaranduba

Realizado na última semana do mês de novembro, em Massaranduba, o I Seminário Internacional de Ecoformação contou com a presença de, aproximadamente, 300 participantes de diversos municípios de Santa Catarina: Blumenau, Guaramirim, Indaial, Itajaí, Gaspar, São Ludgero, Florianópolis, Jaraguá do Sul, Joinville, Pomerode, Balneário Camboriú, Brusque, Penha e Navegantes, possibilitando a troca de conhecimentos com outras realidades educacionais.

O evento tem por objetivo promover espaços para a socialização de experiências pedagógicas ecoformadoras, desenvolvidas na Educação Básica da rede municipal de ensino, visando a interação com a comunidade, a valorização do protagonismo de gestores, docentes, estudantes e as transformações nas práticas pedagógicas e nos cenários de aprendizagem. Tais experiências são oriundas do Programa de Formação Continuada em Ecoformação, que começou a ser implantado em 2018, pela Rede Internacional de Escolas Criativas – RIEC em parceria com a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Turismo.

A primeira etapa da programação contou com a apresentação de 33 trabalhos que foram socializados em 11 salas de aula, na EMEF Ministro Pedro Aleixo. Momentos de partilha e experiência exitosas puderam ser percebidos por quem esteve no seminário.

Já na segunda etapa, na Sociedade Atiradores, houve a apresentação da metodologia utilizada pelo programa, que tem como perspectiva norteadora o desenvolvimento de Projetos Criativos Ecoformadores (PCEs), criada por Saturnino de La Torre (RIEC- Espanha) e Marlene Zwierewicz (RIEC – Brasil). A explanação foi realizada pelas professoras Vera Lucia de Sousa e Silva (RIEC- Brasil) e Vera Simão (RIEC – Brasil), além da própria autora do projeto, professora Marlene. Esse ambiente contou com a exposição de 12 trabalhos de Escolas e Centros de Educação Infantil do município.

Após a explanação os participantes assistiram a palestra do professor Saturnino de La Torre, considerado o “Pai da Criatividade”, tendo como tema: A transformação das práticas pedagógicas a partir da Ecoformação”.  Saturnino veio especialmente de Barcelona, Espanha, para compartilhar seus conhecimentos, um dos conceitos fundamentais do PCE.

Além disso, outras experiências também foram socializadas, como ações da Educação Ambiental e do setor de Turismo que se conectam com os PCEs. Itajaí partilhou experiências do Instituto CRESCER, representado pela secretária executiva Sandra Mara de Andrade e o município de São Ludgero, por meio da secretária de educação, cultura e esportes, Sirlene Machado Cunha Joaquim.

Para o dirigente municipal de educação, Cristiano Rodolfo Tironi, “Esse evento vem coroar o belo trabalho que está sendo feito em Massaranduba. O mesmo está alinhado a novas práticas pedagógicas, tendo como pano de fundo a inovação. Com todas as mudanças presentes na era contemporânea, não podemos mais resolver problemas novos com respostas obsoletas. Fazer mais do mesmo não está dando mais certo. Dessa forma é preciso inovar. E Massaranduba vendo fazendo isso! Parabéns para toda a equipe da Educação.”

 

Undime-SC – Com a contribuição da SME de Massaranduba