Webinar: Impacto da pandemia na educação

A educação não pode esperar 

Como minimizar os impactos negativos à educação em razão das ações de enfrentamento a pandemia do novo coronavírus.

Nessa crise sem precedentes, de proporção global, educadores e famílias inteiras tiveram que lidar com a imprevisibilidade e, em benefício da vida, (re) aprendemos a ensinar de novas maneiras.

Desde que a pandemia do Covid 19 se instalou no mundo, cerca de 1.5 bilhões de estudantes ficaram fora da escola em mais de 160 países, segundo relatório do Banco Mundial. Alguns países adotaram o fechamento total de escolas, outros apenas em zonas consideradas de risco ou deixaram abertas aquelas com crianças pequenas cujos pais trabalham em setores críticos para a sociedade.

Aqui no Brasil, por enquanto a maior parte dos governos estaduais e municipais tem optado pelo fechamento total para reduzir as chances de que os estudantes se tornem vetores do vírus para suas famílias.

Uma questão a se pontuar é a desigualdade gigante entre os sistemas públicos e privados da educação básica — e a própria distância social entre as famílias dos estudantes. Enquanto alunos de escolas particulares aprendem por meio de diversos recursos e estratégias combinadas, como vídeo ao vivo ou gravado, envio de tarefas, mentoria e sessões em grupos menores para tirar dúvidas, muitos estudantes das escolas públicas sequer têm acesso à internet.

Além disso, nem todos os municípios possuem estrutura de tecnologia para oferta de ensino remoto e nem todos os professores têm a formação adequada para dar aulas virtuais.

Quais os riscos desse fechamento? Como as escolas podem promover o aprendizado para todos, diante da diversidade de contextos socioeconômicos da população e de dificuldade de acesso de alguns para a educação a distância? Quais ações podem ser realizadas no curto prazo? A crise do coronavírus terá efeitos perenes sobre a forma de aprender?

Estas perguntas serão debatidas no webinar Como minimizar os impactos negativos à educação em razão das ações de enfrentamento a pandemia do novo coronavírus, promovido pelo Movimento Nacional ODS Santa Catarina, com o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de SC – CAU/SC e Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina – FACISC.

Data: 12/08/2020
Horário: 10 horas
Local: Youtube https://www.youtube.com/movimentoodssc

Convidados:

  • Marlova Jovchelovitch Noleto – Diretora e Representante da UNESCO no Brasil
  • Paulo Ivo Koehntopp – Secretário Executivo do Sistema ACAFE
  • Patrícia Lueders – Presidente da Undime/SC – União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação de Santa Catarina.

Fonte: Movimentoods
https://bit.ly/3gRuXCY